Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \08\UTC 2013

A secretária para Assuntos de Educação e Cultura da Embaixada Britânica no Brasil, NeneNne Iwuji Eme, se reuniu com o secretário de Promoção da Igualdade Racial do Estado da Bahia, Elias Sampaio,para acordar uma parceria com o objetivo de incluir baianos no programa mundial de bolsas de estudo do governo britânico, o Chevening.

O programa é financiado pelo Ministério de Relações Exteriores do Reino Unido (FCO) e organizações parceiras. As bolsas Chevening são complementares a outros programas ofertados atualmente pelo Governo Federal, como o Ciência sem Fronteiras, e são  financiadas pelo governo britânico em qualquer universidade da Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte.

Segundo a secretária, a expectativa é aproximar as relações da Embaixada Britânica com a Bahia e diversificar os grupos de estudantes que realizam os intercâmbios nas instituições de ensino do Reino Unido. “Queremos ter diversidade de alunos. A maioria deles é do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília. Temos poucos negros, poucas mulheres e pouca diversidade”, afirmou.

O secretário Elias Sampaio, mostrou-se interessado com as informações sobre o programa de bolsas de estudos e se comprometeu a articular um memorando de entendimento e termo de cooperação técnica para ser celebrado entre o Governo da Bahia e a Embaixada Britânica.

A Sepromi se comprometeu a estudar formas de  ajudar os estudantes a manterem-se no país estrangeiro. “Ficamos muito satisfeitos e vamos nos empenhar para que tenhamos essa parceria firmada o mais rápido possível. Entendemos que políticas públicas são resultados de ações coletivas e precisamos sempre ter políticas públicas de empoderamento do povo negro”, destacou o secretário Elias Sampaio.

Na reunião, a estrutura da Sepromi foi apresentada à secretária britânica, assim como as atividades desenvolvidas, as coordenações existentes e o público para o qual o órgão atende. O secretário Elias Sampaio pontuou ainda as ações emblemáticas articuladas ou elaboradas pela Sepromi em sete anos de existência, como a criação da Rede de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa; os editais Novembro Negro e Agosto da Igualdade; e a criação do Polo Regional de Promoção da Igualdade Racial, no oeste baiano; a instituição da Lei 12.910/2013, pelo governo da Bahia ,dentre outras.

Ambos os secretários conversaram ainda sobre o racismo institucional e citaram o desafio em desenvolver políticas públicas para reverter esse problema. “Trouxemos exemplos de Londres para construir o Programa de Combate ao Racismo Institucional”, comentou Elias Sampaio.

As bolsas de estudo Chevening são concedidas a estudantes de destaque e com potencial de liderança para um programa de mestrado de um ano em qualquer área e em qualquer universidade do Reino Unido. A parceria com o Brasil existe desde 1938, segundo a secretária da Embaixada Britânica.  Há, atualmente, mais de 41 mil graduados do Chevening pelo mundo, compondo uma rede global.

A Sepromi celebrou este ano uma parceria com o Condado de Fulton, localizado na cidade de Atlanta, no Estado da Geórgia, nos Estados Unidos, com o objetivo de desenvolvas a cooperação nas áreas de cultura; arte; saúde pública; desenvolvimento da juventude e educação e desenvolvimento econômico e turístico. A parceria entre as universidades de Atlanta e o Governo da Bahia se oficializou também por meio de um memorando de entendimento e termo de cooperação técnica.

 Fonte: SEPROMI
Anúncios

Read Full Post »