Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘diáspora’

O Centro Histórico de Salvador vai sediar o primeiro Museu Nacional da Cultura Afro-Brasileira (Muncab) do país. Não poderia ser diferente, pois Salvador é conhecida como a capital negra do Brasil.

 

 Os dois edifícios da década 1920, que já foi sede do Tesouro e do antigo pronto-socorro municipal, está sendo restauradado para abrigar fatos históricos da cultura afro-brasileira.

O Ministério da Cultura está investindo com R$ 10 milhões para a construção da Muncab, sendo que a primeira parcela já foi liberada no valor R$ 3,8 milhões.

 

 

O futuro diretor, José Carlos Capinan, afirma que o valor não é suficiente, que é necessário o dobro para finalizar o projeto, mas que dá para retomar as obras e começar a adquirir o acervo do museu.
África pré-colonial, os fluxos migratórios, a escravidão e a abolição, os movimentos de resistência e as contribuições africanas à cultura brasileira serão os temas básicos do projeto museográfico, explica Capinan.

A partir de 2012, o museu vai sediar a Bienal da Diáspora Afro-Atlântica, abordando a cultura dos vários países que receberam influências da África.

 

 

Vamos aguardar e torcer para que o Muncab fique pronto o quanto antes.

E viva a cultura afro-brasileira!

 

 

http://www2.uol.com.br/historiaviva

Anúncios

Read Full Post »

IV Semana da África. Inscrições até 02 de maio de 2010

Estão abertas as inscrições para as sessões de comunicações coordenadas da IV Semana da África, a ser realizada em Salvador com o tema geral “África: Independências e Futuros Possíveis” de 19 a 25 de maio.

Por iniciativa de estudantes africanos em Salvador e em parceria com estudantes afro-brasileiros, a Semana da África vem sendo realizada em Salvador (BA) desde maio de 2006, contabilizando três edições. O evento vem sendo acolhido pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), através do Centro de Estudos Afro-Orientais e da Pró-reitoria de Assistência Estudantil.

A idéia do evento decorre da intensa vontade de estabelecer trocas científicas entre estudantes e pensadores africanos e brasileiros. O desejo de constituir um fórum acadêmico e cultural com uma periodicidade anual para promover debates acerca de temas referentes às questões africanas e da Diáspora é o ponto fundador da Semana da África. Nesta quarta edição, a Semana pretende pensar processos de independência nos países africanos, bem como propostas que, principalmente, considerem a importância do ensino da história, culturas africanas e afro-brasileiras nas escolas e universidades do Brasil e da África.

Em 2010, Semana da África será voltada para o processo das independências dos países africanos, que, fragmentados por séculos de colonialismo e escravidão, exigiram, através de suas lideranças, o fim da exploração externa. Um fato histórico de relevância associado a esse tema é a reunião realizada em Adis Abeba, capital etíope, no dia 25 de maio de 1963. Nessa ocasião trinta e dois chefes de Estado africanos proclamaram juntos, em uma única voz, as palavras de ordem, “liberdade, igualdade, justiça e dignidade”, para com os povos africanos. Muitas decisões políticas tomadas nesse encontro foram importantes para o que acontece na contemporaneidade, a exemplo da criação da Organização da Unidade Africana (OUA), atualmente União Africana (UA), a qual se tornou o principal bloco político a reivindicar a África para os africanos.

Serão aceitos trabalhos que apresentem resultados, finais ou parciais, de pesquisa original sobre o continente africano, incluindo a relação da África com sua diáspora no Brasil e nas Américas. De modo a obter um diálogo interdisciplinar, no grande campo das ciências humanas, as sessões serão compostas levando-se em conta a proximidade de temas, e não a filiação a uma
disciplina específica. Trabalhos em antropologia, sociologia, ciência política, história, economia, direito, relações internacionais, comunicação social, artes, literatura e linguística serão privilegiados, assim como temas que digam respeito à contemporaneidade e ao passado recente.

Para submeter uma proposta, favor enviar um arquivo em formato word for windows
para o e-mail semanadaafrica@hotmail.com, contendo os seguintes itens:

1 – Título da comunicação
2 – Autor/a
3 – Filiação institucional
4 – E-mail
5 – Telefone para contato
(no caso de mais de um autor, repetir as informações de 2 a 5 para cada)
6 – Resumo da comunicação (máximo de 300 palavras)

Os/as autores/as que tiverem trabalhos aceitos serão informados por correio
eletrônico até o dia 09 de maio.

Os/as autores/as selecionados/ as terão 15 minutos cada para sua apresentação
oral (o equivalente a um texto entre 2.000 e 2.500 palavras). Após o término
das apresentações, um/a coordenador/ a designado pela organização do evento
mediará o debate. Os textos apresentados e entregues ao/à coordenador/ a da
mesa serão publicados no site do Instituto Anísio Teixeira (IAT), para servir de subsídio
para a formação continuada de professores da rede pública.

Maiores informações em http://semanadaafrica.blogspot.com/.

Read Full Post »