Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘documentarios’

A Fundação Pedro Calmon/Secult, através da Biblioteca Juracy Magalhães Junior (Rio Vermelho), em parceria com a ONG Omi-Dùdú, promove a exposição “Dia Nacional da Consciência Negra”, em homenagem ao 20 de Novembro, data em que se comemora a luta pela liberdade dos negros brasileiros. A mostra que está em cartaz até 30 de novembro, das 8h às 17h, expõe quadros e murais referentes ao tema nos corredores, nas escadarias e na entrada da Biblioteca.

Segundo a responsável pela exposição Maria José Leal, a decoração conta com gravuras que abordam a trajetória dos negros africanos, nos contextos religioso e cultural, além de mostrar a herança e as formas de resistência que estes trouxeram e utilizaram para se alinhar aos costumes dos brasileiros. Além dos objetos expostos, serão exibidos, também, textos sobre a história dos negros no Brasil. A ONG Omi-Dùdú cedeu objetos, fotos, tecidos, utensílios, dentre outros materiais para comporem a mostra. “Essa parceria com a Omi-DuDú já existe há 4 anos. No mês de março – Dia Internacional Contra a Discriminação Racial – e em novembro – Dia da Consciência Negra – preparamos uma exposição para relembrar as datas no calendário” explica Maria José Leal.

NOVEMBRO NEGRO – Todo o ano, a Fundação Pedro Calmon/Secult realiza uma série de atividades que tematizam as lutas e conquistas pela plena cidadania dos afro-brasileiros, através de ações literárias, exposições e muita dinamização nas bibliotecas públicas. Entre as atividades programadas está o Projeto “Segundas da Literatura Negra”, que destacará a produção literária de autores afro-descendentes. Todas as segundas feiras do mês, a partir do dia 08, um encontro com a literatura negra nas bibliotecas públicas. Confira a programação completa no site da FPC.

O 20 de Novembro – é uma data marcada em homenagem à morte do herói nacional, Zumbi dos Palmares (1695). Em diversas cidades do Brasil, a data é dedicada às manifestações de luta pela igualdade racial e também à reflexão sobre a presença do negro na sociedade.

Serviço:
O que: Exposição “Dia da Consciência Negra
Onde: Biblioteca Juracy Magalhães (Rio Vermelho)
Quando: Até 30 de Novembro das 8h às 17h.
Gratuito
Contato: (71) 3116-5360

Anúncios

Read Full Post »

No Mês da Consciência Negra, projeto dá espaço para documentários que resgatam tradições populares de origem africana.

No mês de novembro, quando o Brasil celebra a Consciência Negra, o Quartas Baianas apresenta dois documentários que abordam temas relacionados à cultura afrobrasileira: o primeiro, no dia 3, é O Divino Espírito Popular, dirigido por Pedro Abib; depois, no dia 10, é a vez de Cantador de Chula, dirigido por Marcelo Rabelo. As sessões, como tradicionalmente, acontecem na Sala Walter da Silveira (Barris), às 20 horas, com entrada gratuita.

O Divino Espírito Popular (2006, 54 min.) mostra a tradicional e secular festa popular do Divino Espírito Santo, no município de Mogi das Cruzes, no interior de São Paulo. Neste evento, um dos mais antigos do Brasil, com mais de 300 anos, estão inseridas influências marcantes de manifestações afrobrasileiras, dentre as quais se destacam grupos de Congada, Moçambique e Marujada.

Já Cantador de Chula (2009, 95 min.) retrata o universo da chula, canto principal em algumas modalidades do samba no interior da Bahia, caracterizado por sua técnica vocal e improvisação de versos, presente somente na memória oral dos mais velhos. O filme caminha pelo Recôncavo e Agreste baianos, onde podemos ouvir algumas chulas e outras cantigas tradicionais. Através de contatos de moradores locais com os mestres e mestras da região, passamos a conhecer mais sobre esta forte herança africana.

O projeto Quartas Baianas é uma iniciativa da Associação Baiana de Cinema e Vídeo (ABCV) em parceria com a Diretoria de Audiovisual (DIMAS) da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), para a exibição gratuita de filmes ou vídeos baianos, sempre às quartas-feiras, na Sala Walter da Silveira. Em seis anos, o Quartas Baianas já exibiu mais de 450 títulos de produções audiovisuais do estado.

Quartas Baianas
3/11: O Divino Espírito Popular
10/11: Cantador de Chula
Horário: 20 horas
Onde: Sala Walter da Silveira: Rua General Labatut, 27, Barris
Quanto: Grátis
Realização: DIMAS/FUNCEB – ABCV
Site: www.dimas.ba.gov.br

Read Full Post »